Iguape, onde a fé e a história caminham juntos

iguape - SP | 3 Comentários

Repleta de construções históricas coloridas e bem conservadas dos séculos 18 e 19, Iguape também é vizinha à Estação Ecológica da Jureia-Itatins e cercada por Mata Atlântica.

É o maior centro histórico preservado do Estado com 64 imóveis em estilo colonial português construídos em taipa de pilão. Fundada no início do século 16, Iguape tornou-se um centro de peregrinação por volta de 1647, quando os índios encontraram uma imagem do Senhor Bom Jesus em uma praia da região. A partir de então, a festividade ao santo, só tem crescido.

No mês de agosto, Iguape floresce. Centenas de peregrinos dirigem-se à cidade para ver o famoso Bom Jesus do Iguape. Famílias de diversos lugares do Brasil vão pagar promessa e sair em procissão pelas ruas de paralelepípedos repletas de casarões históricos.

Durante uma semana que antecede o dia de Bom Jesus do Iguape, o som das rezas ecoam pela Praça da Matriz. No primeiro sábado de agosto, quando a imagem de Bom Jesus do Iguape sai em cortejo, pode se ver crianças vestidas de anjos para cumprir a promessa que foi feita pelos pais em momento de desespero.

Uma curiosidade: o escritor francês Albert Camus (1913-1960) conheceu a festa e publicou um conto sobre ela na década de 1950. Mas, Iguape não é só reza e fé, os seus maiores tesouros são suas praias com flora e fauna preservadas. Cerca de 85% da área da Estação Ecológica da Jureia-Itatins estão na cidade.

Principais Pontos Turísticos

Mar Pequeno - Manguezais
Região do Mar Pequeno que engloba os municípios litorâneos de Peruíbe, Iguape e Cananéia, no Estado de São Paulo e Paranaguá no Paraná. É rica em vegetação de mangue utilizado como berçário para as espécies marinhas e por isso é considerado um dos cinco maiores criadouros marinhos do mundo.

Mirante do Cristo / Morro do Espia

Mirante do Cristo Redentor está localizado no Morro do Espia em área coberta por vegetação rasteira de gramíneas a 80 metros da base. Do lugar pode-se avistar a parte urbana de Iguape a Ilha Comprida, o Estuário Lagunar do Mar Pequeno, o Valo Grande e ao longe a Ilha de Cananéia e Ilha do Cardoso. O mirante é um dos recantos mais visitados de Iguape. O acesso pode ser feito com automóvel de passeio, motos, bicicletas ou a pé. É um dos pontos de partida para a Trilha Ecológica do Morro do Espia.

Praia da Juréia - Barra do Ribeira

Distante 18 km do centro de Iguape, onde o Rio Ribeira deságua no mar. Local com inúmeros atrativos como a praia da Juréia, o Rio Suamirim e o Rio Ribeira de Iguape. Lugar excelente para a pesca, prática do surfe e passeios de barco e caiaque. É também a porta de entrada para a Estação Ecológica de Juréia-Itatins. Além da estrada dar acesso à praia, inclui a travessia por ferry-boat (balsa).

Praia do Leste

Praia formada a partir do assoreamento do Rio Ribeira de Iguape. A presença de uma lagoa de água doce torna-a singular. Possui ainda extensa vegetação de restinga em freqüente transformação. Está localizada a 15 km do centro da cidade. Devido à forte correnteza e a presença de buracos não é recomendável para banho.

Outeiro do Bacharel

Morro coberto por vegetação rasteira de gramíneas localizado no bairro Icapara. Possui uma trilha de aproximadamente 1 km a partir do centro de bairro que leva ao pico onde encontra-se o farol utilizado para sinalizar as embarcações que adentram ao Mar Pequeno. Do local avista-se a Barra do Icapara o encontro do Rio Ribeira de Iguape com o Oceano Atlântico, a Ilha Comprida, o Maciço da Juréia e os ecossistemas associados como restinga manguezal e a mata atlântica.

Trilha Ecológica do Morro do Espia

A trilha possui cerca de 2 km de extensão e pode ser iniciada a partir de quatro pontos, a sede do Ibama, a Fonte do Senhor, o Mirante do Cristo Redentor e a antiga Fazenda da Porcina. Durante o percurso pode-se observar variadas espécies da flora da mata atlântica como figueiras, embaúbas, bromélias e orquídeas além de vislumbrar a paisagem de toda a cidade pelo mirante da Pedra Lisa, o ponto culminante da trilha.

Trilha Ecológica da Vila Alegria

A trilha inicia-se no bairro Barra do Ribeira, com a travessia do Rio Suamirim seguida de caminhada sobre o mangue através de uma passarela construída em madeira com cerca 300 metros. O passeio inclui a visita a um casarão construído no século XIX.

Trilha do Imperador

Trilha ou Caminho do Imperador recebeu esse nome por servir de passagem de informações entre o Império e outras regiões do Brasil. Em 1871 foi inaugurada a linha telegráfica entre Iguape e Santos. Ainda hoje, na extensão do Caminho pode-se encontrar vestígios dos centenários postes telegráficos, motivo pelo qual o caminho também é conhecido por Trilha do Telégrafo. Além disso a trilha também serviu para o transporte de mercadorias entre Iguape / Santos e todo o litoral. Conta a história, que possivelmente a imagem do Senhor Bom Jesus de Iguape tenha sido trazida para o centro da Vila através dessa trilha.

Costão da Juréia

Núcleo pertencente à Estação Ecológica de Juréia-Itatins localizado entre a Vila do Prelado e o Costão no Maciço da Juréia é a porta de entrada para a Trilha do Imperador. No local, ao final da Praia da Juréia, pode-se observar ecossistemas costeiros como dunas, restingas e mata atlântica de planície, seguidos da mata de encosta na Serra da Juréia. O acesso ao Costão depende do horário da maré.

Atrativos Histórico-Culturais

Museu Histórico e Arqueológico

Localizado no centro histórico, está instalado no prédio onde existiu a 1º Casa de Fundição de Ouro do Brasil no século XVII. Conta com duas exposições. Na exposição histórica são encontrados painéis gráficos e fotográficos objetos e documentos sobre a escravatura e os ciclos do ouro e arroz. Na exposição arqueológica encontram-se sinais da ocupação pré-colonial como objetos líticos ósseos e cerâmicos encontrados nos sambaquis e confeccionados por grupos humanos da Pré-História Brasileira.

Sítio Arqueológo Caverna do Ódio

Ocupado por períodos sucessivos de curta duração, o abrigo conhecido como Caverna do Ódio serviu a um pequeno grupo que aí se instalou para pescar e coletar moluscos. O local é hoje um sítio arqueológico, onde encontra-se vestígios de ações destes grupos representados através da estratigrafia que mostra a sobreposição de camadas correspondentes às diversas ocupações com a presença de manchas de carvão, das fogueiras, de restos ósseos, de peixes e de pequenos animais e carapaças de moluscos e crustáceos.

Centro Histórico – Casario Colonial

Compreende o maior centro histórico e arquitetônico preservado do Estado de São Paulo, com 64 imóveis em estilo colonial português, entre eles casarões e Igrejas. Nessas construções ricas em detalhes, foram utilizadas técnicas como a taipa francesa e a taipa de pilão com porta-janelas e varandas. O conjunto de construções retrata os ciclos do ouro e do arroz, períodos de grande desenvolvimento econômico de Iguape.

Igreja de São Benedito

A Igreja de São Benedito é uma construção do final do século XIX, que reuniu os seguidores da Irmandade de São Benedito, formada a partir do desentendimento entre membros da irmandade de Nossa Senhora do Rosário. A Igreja foi bastante frequentada por negros naquele período. Hoje, recebe devotos de todos os lugares, especialmente, no dia 6 de janeiro quando é comemorado o dia de São Benedito, sendo também feriado municipal.

Bairro do Icapara

Distante 10 km do centro da cidade, o bairro foi a primeira localidade habitada no início da colonização, por volta de 1538 (data oficial de fundação de Iguape) ou até mesmo antes da chegada dos portugueses, tendo uma forte influência dos espanhóis na formação do seu povoado. É conhecido por abrigar muitas famílias de pescadores e por isso é um dos poucos bairros que ainda mantém viva a tradição e a cultura caiçara.

Praias

As praias locais ficam distantes do centro. Icapara, uma pequena baía de manguezais perto da vila que deu origem a Iguape, fica a 13 km. A 17 km na direção leste tem uma lagoa de água doce muito procurada para pesca de arremesso. A de Barra de Ribeira, a 24 km, é extensa (tem 15 km) e deserta, com apenas uma vila de pescadores no início. Do final em diante, começa a Vila Ecológica Jureia-Itatins e o acesso a turistas é proibido.

Tesouros

Feitos à mão, panelas de barros e esculturas de madeira são a especialidade de alguns artesãos da região. A produção de rabecas (instrumento de corda com corpo em madeira semelhante a um violino rústico) é também uma jóia da região e leva até dez dias para ser confeccionada.

Estação Ecológica Juréia Itatins

Repleta de construções históricas coloridas e bem conservadas dos séculos 18 e 19, Iguape também é vizinha à Estação Ecológica da Jureia-Itatins e cercada por Mata Atlântica.

Parque Florestal Municipal do Morro do Espia

Fonte do Senhor é um recanto turístico pertencente ao Parque Florestal Municipal do Morro do Espia. Possui uma área de lazer com agradável vegetação e tranquilidade. Abriga uma gruta onde conta a história foi lavada a imagem do Senhor Bom Jesus de Iguape e por isso recebe milhares de visitantes durante o ano e especialmente durante a Festa em homenagem ao santo. A Fonte é um dos pontos de partida para a Trilha Ecológica do Morro do Espia.

Museu de Arte Sacra

Instalado na Igreja do Rosário (entrada lateral) datada do século XVIII, o Museu de Arte Sacra recebeu reforma no prédio e restauração, em seu acervo constituído por cerca de 100 peças dos séculos XVIII e XIX envoltas em vitrines de acrílico. São santos, pratarias, estandartes religiosos e relíquias do passado e da história religiosa da cidade.

Centro Cultural

Espaço mantido pela Prefeitura de Iguape, o Centro Cultural é reservado para exposições, oficinas culturais, peças teatrais dentre outras atividades ligadas à cultura. Está instalado em uma construção do século XIX no centro histórico da cidade.

Basilica do Senhor Bom Jesus de Iguape

A Basílica do Senhor Bom Jesus de Iguape é um templo católico construído em pedra, argamassa e óleo de baleia por escravos entre os séculos XVIII e XIX. Em seu acervo encontram-se imagens de santos entre elas a de Nossa Senhora das Neves (Padroeira) e do Senhor Bom Jesus de Iguape imagem encontrada na Praia do Una (Juréia) em 1647. A Basílica guarda também a Sala dos Milagres com objetos deixados pelos devotos por graças recebidas. A festa em louvor aos padroeiros é comemorada nos dias 5 e 6 de agosto.

Solar Colonial Pousada

Solar Colonial Pousada possui 13 suítes com televisão, frigobar, ventilador, telefone e café da manhã inclusos na diária.

Com uma excelente localização, na praça onde fica a Basílica do Bom Jesus de Iguape (muito perto dos principais pontos turísticos da cidade), a Solar Colonial Pousada é a melhor opção de conforto e simplicidade de Iguape.

A localização é ótima, com muitos bares e restaurantes ao redor, próximo aos acessos para Juréia e Ilha Comprida. Os funcionários são muito amigáveis, simpáticos, preocupados e ágeis, tudo o que for pedido, será feito na mesma hora, com muita competência.

Quer uma dica? Recomendamos que escolham o quarto do andar superior de frente para a praça, que é colonial e com uma vista muito interessante.

Pousada Recanto das Aves

Pousada Recanto das Aves está situada em uma área florestal de 3.000m, possui vista para o Rio Mar Pequeno, da piscina e do terraço, oferece diversas atividades de lazer e dispõe de Wi-Fi e estacionamento.


Como chegar
Iguape fica a 210 km de São Paulo. De carro: Rodovia Régis Bittencourt, virar à esquerda, depois de Miracatu. 

Com tantos pontos turísticos históricos, fica difícil decidir por onde começar. Reserve um final de semana e descubra muito da história do estado de São Paulo, em Iguape. Não esqueça, esperamos a sua foto.



Serviços

Estação Ecológica de Juréia - Itatins

A Estação Ecológica de Juréia - Itatins foi inaugurada em janeiro de 1986. A propriedade está distribuída entre os municípios de Iguape, Miracatu, Itariri, Pedro de Toledo e Peruíbe. Conta com uma área de 79.830 hectares e um ecossistema bem variado.

  • Estrada Arnaldo Pascualino, s/n - Guaraú - Peruíbe - SP

Parque Florestal Municipal do Morro do Espia

Com uma área de lazer com muita vegetação e tranquilidade, o Parque Florestal Municipal do Morro do Espia é uma ótima opção de lazer para aproveitar a tarde na cidade de Iguape.


Museu de Arte Sacra de Iguape

Instalado junto à igreja Matriz, o Museu de Arte Sacra é um lugar histórico da cidade de Iguape, com diversas peças de do Século XVI.


Centro Cultural de Iguape

Localizado no centro histórico da cidade, o Centro Cultural de Iguape é espaço mantido pela Prefeitura de Iguape destinado à atividades culturais.

  • Praça da Basílica Iguape - SP
  • (13) 3841-1732

Basílica do Senhor Bom Jesus de Iguape

Construída entre s os séculos XVIII e XIX. A Basílica do Senhor Bom Jesus de Iguape e Nossa Senhora das Neves é um templo católico localizado na cidade Iguape.


Solar Colonial Pousada

Com uma excelente localização, na praça onde fica a Basílica do Bom Jesus de Iguape (muito perto dos principais pontos turísticos da cidade), a Solar Colonial Pousada é a melhor opção de conforto e simplicidade de Iguape.

  • Iguape - SP
  • (13) 3841-1591
  • Aberto 24 horas

Pousada Recanto das Aves

Com chalés simples e rústicos e uma excelente decoração e conforto a Pousada Recanto das Aves é ideal para pessoas que querem curtir em Iguape com a família. O lugar é lindo e muito aprazível, fica entre o Rio Ribeira e a Serra.


Comentários

3 Comentário(s) Deixe um comentário

- 16 June 2015 -

Sam cruz

Gostei das dicas. Visitei essa cidade a uns vinte anos. Quero voltar qq hora.

- 30 June 2015 -

Satomi

Sam, que bom que gostou das dicas. Quando estiver por lá nos mande uma foto. Bj.

- 18 August 2015 -

Ivani Medina

“A verdade histórica é a mais ideológica de todas as verdades científicas [...] Os termos de subjetivo e de objetivo já não significam nada de preciso desde o triunfo da consciência aberta [...]. A verdade histórica não é uma verdade subjetiva, mas sim uma verdade ideológica, ligada a um conhecimento partidário”. (ARON cit. por Marrou, s/ data, p. 269) Se a fé nunca dependeu da história, porque fazem tanta questão desta última? Por que insistem em preservar essa bruma que envolve os primeiros séculos do cristianismo? Não devia ser assim. No entanto, quando fazemos uma aproximação dos fatos com fatos e não com ideias, é possível outra conclusão. http://cafehistoria.ning.com/profiles/blogs/paguei-pra-ver